PEK
PEK
PEK PEK
Background Mamíferos
Cateto

O cateto ou caititu é popularmente chamado de “porco-do-mato” e apresenta ampla distribuição em todos os biomas do Brasil. Ocorre na mesma área de distribuição dos queixadas e se encontram regularmente um com o outro.

entre 14kg e 30kg

entre 75cm e 1,00m de comprimento

20 anos em cativeiro

Dados importantes
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Apresenta focinho alongado, patas curtas e pés pequenos, proporcionalmente ao resto do corpo. Os pelos sãos longos e ásperos, geralmente de cor cinza mesclada de preto. A faixa de pelos brancos ao redor do pescoço parece um colar. Possui uma crina de pelos mais longos e escuros nas costas.

PRINCIPAIS AMEAÇAS

As principais ameaças são a destruição do seu habitat e a caça intensiva.

DIETA

Na caatinga brasileira sua alimentação se compõe de raízes, tubérculos e sementes.
Nas florestas tropicais sua alimentação principal são os frutos, folhas, raízes e tubérculos. Pode consumir também larvas, insetos, anfíbios e répteis.

REPRODUÇÃO

As fêmeas, após 145 dias aproximadamente, costumam dar à luz um ou dois filhotes por vez, e eles são criados pela mãe, tias e outras fêmeas do grupo.

COMPORTAMENTO

● Geralmente vivem em grupos de 15 a 20 indivíduos mas podem formar bandos de até 50 catetos.
● Bate os dentes e eriça a crina como defesa quando se sente ameaçado.
● Possui hábitos diurnos e noturnos.

HÁBITOS

Atividade predominantemente noturna e crepuscular, com área de vida de até 24km.

CURIOSIDADE

O estômago do cateto é separado em compartimentos, o que permite que ele se alimente de itens diversos, incluindo alimentos fibrosos, sobras de legumes, frutos e pequenos vertebrados.

Distribuição geográfica
Mapa Distribuição Geográfica
ExistentePossivelmente Extinto

Status de conservação
VU
LC